Avião supersônico quebrando a barreira do som

O Seridó do RN está recebendo Operação CRUZEX onde aeronaves de diversos países sobrevoam em cidades da região. De acordo com informações o estrondo que foi sentido em algumas cidades da região do Seridó na manhã de óntem, sexta feira dia 23 de novembro, na verdade, tratava-se de uma manobra de treinamento da operação da Força Aérea Brasileira, já citada a cima.

As aeronaves supersônicas romperam a barreira do som entre 10:30 horas e 11 horas no espaço aéreo de Acari e Jardim do Seridó. O estrondo deixou a população de alguns municípios do Seridó assustados, como se diz no popular, literalmente “de orelha em pé”, já que circularam comentários na internet de um tremor de terra na região.

Tal fenômeno pode em certas circunstâncias ser forte o suficiente para produzir danos materiais no solo, como quebra de vidros, rachaduras em paredes, muros e outros estragos o que na verdade não houve relatos de tais ocorrências nas cidades em questão.

O que é romper a barreira do som?

“O som se propaga no ar em ondas concêntricas como faz uma pedra ao cair em um lago a barreira do som é o limite de velocidade em que um avião pode se deslocar no ar sem atropelar as ondas sonoras emitidas por ele mesmo é isso que chamamos romper a barreira do som”, diz o físico Carlos Luengo da Unicamp.

Ao nível do mar, em condições de atmosfera padrão, esta velocidade é de 1.226 km/h, e diminui com a queda da temperatura do ar. Assim, ficou convencionado que, quando um avião se desloca a uma velocidade igual à do som, ele está voando a “Mach 1”.

Esta unidade é uma homenagem ao físico austríaco Ernest Mach que, pela primeira vez, mediu a velocidade de propagação do som no ar.

Obs.: Avião se movendo da esquerda para direita. Fotos: (1) Subsônico; (2) Mach 1; (3) supersônico e (4) onda de choque/Imagem: Reprodução Hzahed.com
Obs.: Avião se movendo da esquerda para direita. Fotos: (1) Subsônico; (2) Mach 1; (3) supersônico e (4) onda de choque/Imagem: Reprodução Hzahed.com

Vídeo de aviões supersônicos rompendo a barreira do som, Clique AQUI

Matéria adicional sobre o assunto: Clique AQUI

Por Jenully Cristiano em conjunto com Caicó na Rota da Notícia