Comerciante reage a assalto, toma arma de bandido mata um e fere outro

Em um momento de distração de um dos ladrões a vítima entrou em luta corporal e tomou a arma que estava sendo apontada para sua cabeça, matou o bandido e baleou o outro

4215

Um comerciante de 43 anos reagiu a um assalto quando estava fechando seu comercio de embutidos no bairro Jardim das Palmeiras em Lucas do Rio Verde (332 km de Cuiabá). O fato ocorreu no fim da noite dessa quinta-feira 19.

Pessoas que passavam nas proximidades perceberam que estava acontecendo o assalto e acionaram a polícia que estava a duas quadras do comércio e ao se aproximarem do local ouviram tiro no interior da loja.

Os policiais entraram no local e encontraram os ladrões caídos ao chão sujos de sangue. Uma das vitimas contou que fechava a porta do comércio quando foi surpreendido pelos dois que chegaram e anunciaram o assalto.

O comerciante disse qie eles estavam muito agressivo e apontavam a arma para a cabeça de sua esposa, dizendo que queriam o cofre senão sua esposa morreria. O marido tentou acalmá-los pedindo que levassem tudo que quisessem mas os deixassem livres, no entanto eles permaneceram exaltados.

Um deles levou a esposa do comerciante para procurar o cofre e o outro ficou com a arma apontada para sua cabeça. Em um momento de descuido do assaltante o comerciante entrou em luta corporal e conseguiu desarmá – lo e atirou no ladrão, momento em que o comparsa ouviu o tiro, saiu armado de dentro do comércio mirou em direção do comerciante e atirou, porém a munição falhou. Temendo um novo disparo, a vítima atirou contra o outro ladrão e lhe acertou o abdômen.

Depois de serem alvejados os ladrões correram para os fundos do local, momento em que a polícia chegou e encontrou os dois caídos ao chão sujos de sangue e com as armas do crime.

O Corpo de Bombeiros foi acionado fizeram os primeiros atendimentos de socorro e os levaram para o Hospital São Lucas, mas um dos ladrões, Douglas Hanchuk, de 24 anos não resistiu aos ferimentos e morreu. As armas foram apreendidas e o outro acusado, de 21 anos passou por cirurgia e ficou internado naquela unidade hospitalar.

Ele será indiciado por roubo, porte ilegal de arma de fogo adulteração, ameaca e lesão corporal.