Corpo de Claudia foi sepultado na tarde deste domingo em Caicó

Cláudia que trabalhava em um quiosque da rodoviária de Caicó, foi esfaqueada pelo ex companheiro e passou quase dois meses internada no hospital. O assassino, "Novinho", continua procurado pela polícia

4527
Novinho continua sendo procurado pela polícia

Foi sepultado no final da tarde deste domingo no cemitério Campo Jorge em Caicó o corpo da caicoense CLAUDINEIDE DA SILVA, de 33 anos, que foi esfaqueada pelo ex-companheiro JOSÉ CARLOS, mais conhecido por “NOVINHO”. O crime aconteceu em 18 de novembro de 2018 no bairro Barra Nova casas Populares zona oeste de Caicó, relembre AQUI.

Claudineide chegou a ficar internada na UTI do Hospital regional em Caicó, tendo seu quadro se agravado sendo preciso sua remoção para um centro mais avançado que foi no Hospital Walfredo Gurgel onde acabou falecendo ontem 05 de janeiro, ou seja quase dois meses após ter sido vítima do seu ex companheiro, que agiu de forma premeditada e covarde.

Caso ela tivesse sobrevivido ficaria tetraplégica pois uma das facadas atingiu uma artéria que oxigenava a medula óssea. O autor do crime Novinho continua foragido e família clama por justiça. O corpo de Claudia foi velado nas casas Populares Barra Nova e de lá seguiu na parte da tarde para o Cemitério Campo Jorge aonde foi sepultada.

Por Cardosos Silva via Caicó na Rota da Notícia