Ex vendedor de redes, suspeito de estar armado joga revólver dentro do cemitério da Boa Passagem ao ver viatura policial

Ao ser preso o acusado disse estar com o simulacro para dar um susto num inimigo

2099

Por Caicó na Rota da Notícia

Por volta das 05:30 deste sábado, dia 08 de set, a Polícia Militar foi acionada através do COPOM para averiguar a denuncia de um homem armado de revólver no Eskina Bar que fica vizinho ao Cemitério Campo Jorge no bairro Boa Passsam, zona Norte de Caicó. Ele teria mostrado a arma que estava na sua cintura para uma pessoa.

No momento em que os policiais chegaram ao local foram comunicados que o suspeito ia fugindo e foi alcançado após entrar na rua ao lado do cemitério.

Ao perceber a aproximação dos policiais o acusado puxou algo da cintura e jogou por cima do muro para dentro do cemitério. Após uma busca pessoal ele foi algemado e colocado na viatura. Não demorou muito para os policiais encontrarem um revólver cromado sobre um dos túmulos do cemitério, sendo constatado que tratáva – se de um simulacro, ou seja, uma arma de brinquedo.

GARDEL JULIÃO DO NASCIMENTO, de 30 anos contou que foi expulso da casa da mãe dele, que mora no Alto da Boa Vista, e passou a morar na rua por trás do cemitério.

Disse também que, na manhã de hoje estava com a arma de brinquedo para dar um susto em um inimigo, e que estava cheirando loló do outro lado da rua em frente ao bar quando teriam visto ele com a arma de brinquedo na cintura.

O simulacro e o acusado foram conduzido a DP para os procedimentos cabíveis após a coleta de nomes de testemunhas que estavam no bar.