Militares da Força Nacional são atacados a tiros na Maré, Rio

828
Policiais da Força Nacional são atacados a tiros no Conjunto da favelas da Maré , Zona Norte do Rio

Eles teriam entrado por engano na Vila do João e carro foi baleado. Ao menos um militar morreu e outros dois ficaram feridos.

Uma equipe da Força Nacional foi atacada a tiros nesta quarta-feira (10) no Conjunto de Favelas da Maré, na Zona Norte do Rio, ao entrar por engano na Vila do João. De acordo com as primeiras informações, um militar morreu e outros dois ficaram feridos.

A Polícia Civil confirmou que entre os três militares baleados, um morreu. A identificação dele ainda não foi divulgada. Os três militares feridos foram identificados como capitão Alen Marcos Rodrigues Ferreira, soldado Hélio Andrade, e soldado Rafael Pereira.

O motorista da viatura foi atingido na cabeça e socorrido para o hospital em estado grave
O motorista da viatura foi atingido na cabeça e socorrido para o hospital em estado grave

Entre os três militares feridos, o soldado Hélio, que é de Roraima, foi baleado na cabeça e levado ao Hospital Salgado Filho, onde foi submetido a uma cirurgia de emergência. Já o capitão Alen foi atingido de raspão no rosto.

Em áudio, o terceiro militar envolvido no ataque contou que foi socorrido por um taxista. “Um táxi está me dando um apoio, está me levando para o hospital”, contou.

Ainda segundo o militar, homens do Exército foram ao socorro da equipe. “Eu fui atingido, o capitão Alen foi atingido, o motorista foi atingido. Tem um outro combatente também, ele tá atingido, ele ficou fora da viatura. A equipe do Exército está lá perto”, diz ele.

A Polícia Militar e a Secretaria de Estado de Segurança disseram que não vão se pronunciar sobre o ocorrido. O Ministério da Justiça e Cidadania, ao qual a Força Nacional está subordinada, ainda não se manifestou sobre o ataque.

Por G1 Rio