Policial militar é executado a tiros dentro de barbearia na zona Norte de Natal

O Cabo Waldembergue Cruz estava em uma barbearia quando uma dupla já chegou gritando e atirando no policial

959

Um Cabo da Polícia Militar, identificado como Waldembergue Cruz de Lima, de 37 anos foi morto a tiros na noite dssta terça-feira (08), no interior de uma barbearia, na rua Couto Magalhães, no loteamento Jardim Progresso, zona Norte de Natal.

De acordo com uma testemunha dois homens foram os autores dos disparos após se dirigirem exclusivamente para o policial e efetuarem os tiros sem chance de defesa.

O fato ocorreu por volta das 20h, Waldembergue estava cortando o cabelo quando os bandidos chegaram. O proprietário da barbearia, Jailson Batista, que atendia a vítima preseciou o crime.

“Eles já chegaram gritando ‘perdeu, perdeu’ e quando o policial olhou eles já atiraram, foram pelo menos quatro disparos”, relatou.

Ferido, o policial foi socorrido para o hospital Santa Catarina, mas já deu entrada sem vida. Os criminosos fugiram depois de roubarem uma moto. Diligências foram realizadas, mas ninguém foi preso.

Waldembergue era lotado na Força Tatica do 4° Batalhão e estava na corporação desde 1999.

De Portal BO/CRN