TJ concede liberdade provisória para Batata e Lobão que tiveram pedido de cassação de mandatos protocolados na Câmara

O pedido de cassação, feito por um popular, será analisado na sessão ordinária desta quarta que começa às 17:30 na Câmara de Vereadores de Caicó

790

Por Caicó na Rota da Notícia

O Tribunal de Justiça decidiu nesta quarta feira, dia 10 de out, transformar as prisões do prefeito afastado, Batata Araújo, e do vereador Lobão Filho (afastado do cargo de vereador) em medidas cautelares.

A prisão de ambos ocorreu na manhã do dia 13 de agosto, durante a Operação Tubérculo deflagrada na cidade de Caicó que investigou o envolvimento de Batata num esquema de desvio de recursos públicos nos contratos de energia elétrica da prefeitura de Caicó. Já Lobão Filho foi acusado de tentar evitar que o prefeito Batata fosse cassado numa Comissão Especial de Investigação – CEI.

Os desembargadores também determinaram que Batata e Lobão cumprissem num prazo de 180 dias todas as medidas cautelares dentre elas a de permanecer afastados dos seus respectivos mandatos.

Ao mesmo tempo, também nesta quarta feira, a Câmara de vereadores de Caicó recebeu de um popular um pedido de cassação dos mandatos do prefeito Robson Araújo e do vereador Lobão Filho. Os vereadores devem votar o pedido ainda na sessão ordinária desta quarta que começa às 17:30 na Câmara de Vereadores onde já existe um processo de cassação contra Batata só que está paralisado por decisão judicial.