Após marido pedir divórcio, mulher taca fogo no próprio corpo e acaba ficando viúva

Asiática incendeia o próprio corpo, causa incêndio no apartamento e no prédio onde morava e mata marido chinês intoxicado

0
2620

A cambojana Srey Mao, de 28 anos, e o marido, o chinês Ma Yingfen, de 51, discutiram e brigaram depois que ele pediu o divórcio na última terça (20).

Revoltada, ela saiu do apartamento onde mora, em Phnom Phen, sul do Camboja, e foi comprar gasolina. Levou para casa dez garrafas de combustível, somando cinco litros. Jogou o líquido sobre o corpo e ateou fogo. As chamas se espalharam pelos cômodos da casa e se alastraram pelo prédio. Moradores, sufocados, tiveram de ser retirados.

Prom Yorn, chefe dos bombeiros, disse a jornais locais que os vizinhos revelaram ter ouvido o casal brigando muito nas últimas semanas. “Ele tentou expulsá-la de casa várias vezes”, contou um dos moradores. “Ela parecia histérica, fora de controle”.

Yorn contou que um dos vizinhos, um motorista de táxi, viu quando a mulher apareceu no prédio levando as garrafas de gasolina. Ele relatou que “a moça parecia nervosa, bufando, e falando sozinha coisas sem sentido” .

O Ma Yingfen tentou salvá-la, abafando as chamas. Srey Mao sobreviveu, mas Yingfen, morreu entoxicado pela fumaça. Ele conseguiu andar até a ambulância amparado por um vizinho. Os dois foram internados no Khmer-Soviet Friendship Hospital. A mulher está em estado grave, mas segundo os médicos irá sobreviver as queimaduras. Quando tiver alta, será interrogada pela polícia. Já ele faleceu devido a inalação da fumaça gerada pelo incêndio.

De Umarizalense via Caicó na Rota da Notícia

Marido salva esposa e morre após ela atear fogo no próprio corpo
Marido salva esposa e morre após ela atear fogo no próprio corpo. Esposo saindo do prédio após ter salvado a esposa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui