Caicó: Acusado de roubar armas e sequestrar morador de outro sítio, morre após trocar tiros com a Polícia

Espingarda e revólver roubados foram recuperados e casal que agiu no roubo das armas, continua sendo procurado

0
5155

Por Caicó na Rota da Notícia

JOÃO NOGUEIRA LOPES, caicoense morador do Bairro Adjuto Dias, zona oeste de Caicó, morreu na tarde desta segunda feira (23) após trocar tiros com a polícia em um sítio da zona rural de Caicó.

Ele é acusado, juntamente com mais um casal que encontra-se foragido, de ter praticado um assalto à mão armada no sítio Cachoeirinha, que fica a 2 Km do distrito da Palma, pertencente a cidade de Caicó.

Após o roubo ocorrido da manhã de hoje, os três teriam fugido a pé, sendo que, várias viaturas da Polícia entraram em diligência para tentar prender os autores do assalto.

Em um dado momento, o trio teria se dividido e o João Nogueira foi visto por policiais da Cipam (que ajudava nas buscas), fugindo com espingarda na mão. Ele foi visto às margens da RN 089 que liga a Palma a Caicó, próximo ao sítio Barra da Espingarda. A patir daí uma mensagem via rádio foi repassada e outras viaturas que também estavam bravamente empenhadas nas buscas nos sítios, foram em apoio.

Minutos depois, a polícia recebeu informação de uma moradora de um sitio que, o esposo dela teria sido sequestrado pelo acusado, e que ele, o bandido, o teria obrigado a dirigir seu carro em direção a “casa do leite”.

Várias viaturas da políciais dirigiram – se para o local, cercaram a residência havendo troca de tiros com o acusado. A polícia conseguiu libertar o refém. O acusado foi baleado e socorrido para urgência dos Hospital Regional do Seridó em Caicó, onde veio a óbito.

O casal que teria praticado o roubo das armas no Sitio Cachoeirinha (juntamente com o suspeito morto) continua sendo procurado pela polícia. Informações extra oficiais chegadas ao blog CRN sobre os outros dois comparsas, dão conta que, o homem seria da cidade de Mossoró e a mulher de Caicó. Eles estariam armados com dois revólveres, os quais foram usados no roubo das armas.

A Polícia Militar trabalhou o resto da tarde e adentrou a noite, realizando diligências e abordagens empenhada no intuito de tentar capturar o casal fugitivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui