Defensor afirmou que “se uma mulher que votou em Bolsonaro levar uma dedada no … é na …, não pode reclamar!” Ouça o áudio

Dep. Fed. General Girão protocolou representação contra defensor público do RN por ofensa criminosa as mulheres que votaram em Bolsonaro. Veja vídeo.

0
1126

Segundo a jornalista Anna Karinna, da 98 FM Natal, O defensor público que gravou áudio dizendo que mulher que vota em Bolsonaro não pode reclamar se levar dedada, é Serjano Marcos Torquato Valle.

No polêmico áudio que viralizou e causou bastante indignação, o defensor público afirmou com todas as letras que “a mulher que vota em Bolsonaro, se levar uma dedada no “c*” e outra na “b*****”, na rua, não pode reclamar”.

É, no mínimo, lamentável que alguém que ocupa a função de defensor público pense dessa maneira, apenas pelo fato de mullheres pensarem diferente dele em relação à política.
Com a palavra, a Defensoria Pública e o Ministério Público do RN.

De Blog do BG via Caicó na Rota da Notícia

Academia CIEAF – Caicó/RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui