Denuncia: Paciente de CAPS é esquecido 4h30min preso dentro de uma ambulância em Caicó

Quando ele saiu parecia um "pano de cuscuz" de tão molhado que estava. E se tivesse morrido devido ao calor, de quem seria a culpa?

0
902

Por Caicó na Rota da Notícia

Essas fotos aí acima são de um paciente chamado Everaldo, da Residência Terapêutica daqui de Caicó, que fica lá no Vila do Príncipe. Ele tem problemas mentais. O que aconteceu foi o seguinte: Quinta feira (22/04) um motorista da Secretaria de Saúde foi buscar esse paciente na Residência Terapêutica com o objetivo de levá-lo para o CAPS, porém esqueceu o paciente trancado dentro de uma ambulância pequena das 8h da manhã até 12:30 da tarde. Este foi o estado que ele ficou, completamente enxarcado de suor e abatido. Esse paciente não fala! Já trabalhei na Residência Terapêutica, por isso o conheço. Imagine seu desespero trancado e tentando sair. Isso é de uma desumanidade sem tamanho. Estou revoltado(a). Estão tentando abafar o caso. Já mandei pra diversos blogs e não tive retorno. Por favor, não deixem que isso aconteça. Os responsáveis têm que ser punidos. Por pouco ele não perdeu a vida. Compartilhem!“, dizia a denúncia postada no WhatsApp.

Ficam perguntas que não querem calar; Em Caicó é normal pacientes com problemas psicológicos serem transportados sem um acompanhante ou responsável?

Se o motorista é responsável por dirigir a ambulância, em caso do paciente surtar ou necessitar de algo quem irá auxilia – lo, ou mesmo ajudar a contê – lo?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui