Esporte radical; parapentistas praticam voos livres sobre os céus de Caicó

"Caiu 3 paraquedas agora no anel viário. Pousou forçado porque caiu dentro do mato. O cara vinha deitado!", escreveu um caicoense na manhã de hoje.

0
1489

Por Caicó na Rota da Notícia

Um fato curioso vinha chamando atenção de moradores das cidades de São Fernando e de Caicó e finalmente foi descoberto no final da tarde.

Por volta das 8h13min da manhã deste sábado dia 7 recebemos informações via WhatsApp que paraquedistas haviam sido vistos pousando no trevo que dá acesso ao município Jucurutu e que eles também tinha sido vistos na cidade de São Fernando.

Caiu 3 paraquedas agora no anel viário. Pousou forçado porque caiu dentro do mato. O cara vinha deitado!”, escreveu um caicoense na manhã de hoje.

Só por volta das 5h da tarde, moradores do bairro Nova Caicó fizeram um vídeo do que seria um paraquedista sobrevoando o aeroporto de Caicó.

Paraquedistas fazendo voos em Caicó. Eles são puxados por um cabo de aço acoplado a um carro e não do modo convencional pulando de um avião. Eles estão decolando do campo de aviação“, disse um morador.

Parapente

O parapente (paraglaider em inglês) é semelhante a um paraquedas, pois também tem uma estrutura flexível e o utilizador está suspenso. O Voo de parapente é uma modalidade de voo livre que pode ser praticado tanto para a recreação quanto para competição sendo considerado um esporte radical.

Enquanto O Paraquedista se limita passivamente a diminuir os riscos de uma aterragem violenta o parapente está tem um voo dinâmico onde o piloto pode controlar a sua direção e em circunstâncias favoráveis de correntes de ar ascendentes e a sua descida podendo manter-se a voar por períodos longos.

Quando empregado um motor para propelir (impusionar) o piloto
o “parapente” é chamado de “paramotor“.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui