Filho de agricultor e de uma doméstica é aprovado em duas faculdades de medicina

ALYSSON não mediu esforços para alcançar seu sonho e para isso trabalhava em um turno e no outro estudava em um curso on line

0
1297

Persistência é a palavra chave para quem quer lutar pelos seus sonhos – o aluno caicoense ALYSSON COSTA foi aprovado no curso de medicina em duas faculdades: Faculdades Integradas de Patos (FIP) e na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), como relatou em entrevista a colega jornalista Gláucia Lima.

Alysson não mediu esforços para alcançar seu sonho e para isso trabalhava em um turno e no outro estudava no curso descomplica na plataforma on line. Filho de agricultor e uma doméstica, quando passou na faculdade particular ele fez uma rifa para custear as primeiras despesas onde vendeu mais de 200 bilhetes. Com o dinheiro ele comprou o estetoscópio e outros materiais básicos para o curso

Eu sempre tracei um plano de metas para poder alcançar meu sonho. Quando eu recebi a notícia que havia passado na UFRN eu rapidamente fui na FIP para repassar a bolsa de 100% para outra pessoa que almejava o mesmo sonho que eu. Minha família foi meu alicerce e hoje começarei a primeira etapa do meu sonho”, disse.

Por Wllana Dantas, jornalista e blogueira via CRN

Devido as muita perguntas sobre a familia e o futuro Dr. ALYSSON, nós do blog CRN entramos em contato com a mãe do jovem e ela nos contou mais detalhes sobre a história de luta e busca pela superação de problemas vividos por eles:

Meu nome é ALZIRA SANTOS DA COSTA e o nome do pai ele é FRANCISCO DIAS DE ARAUJO. ALYSSON nasceu aqui mesmo em Caicó, mas aí nós moramos a vida toda no sítio município de Ouro Branco. Só faz 5 anos, vai fazer 6 anos, que a gente mora aqui em Caicó, que eu vim pra cá. Saí de Ouro Branco em busca do sonho dele sabe, realizar o sonho dele, porque ele morava em Ouro Branco e estudava aqui em Caicó.

Tinha dia que ele nem almoçava e nem jantava e passava muito sufoco para vir estudar aqui em Caicó, aí eu larguei tudo no sítio, larguei marido larguei casa, larguei tudo e viemos morar aqui em Caicó em busca do sonho dele de fazer faculdade de medicina.

Viemos aqui para Caicó e passamos muita necessidade, pagando aluguel que até agora a gente paga uma casa aqui em frente a lavanderia do bairro Castelo Branco. Nós já passamos fome, passamos muita necessidade, mas agora graças a Deus ele conseguiu e vai começar a faculdade agora, mas já faz 6 anos que a gente vem nessa luta aqui em Caicó“, disse ela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui