Crueldade: Homem é acusado de matar cão filhote de 2 meses com tiro de espingarda em São Fernando

Ele foi autuado e responderá por Maus Tratos de Animais e Dano Qualificado por motivo egoístico

0
1626

Enquanto muitos tem seu animal de estimação como parte da família, os crimes de Abandono e Maus Tratos a Animais vem aos poucos se tornando rotina em Caicó e região. Como foi o caso de uma cachorra que perdeu um olho após ter sido agredida com uma pedrada desferida pelo seu proprietário.

A agressão, que cegou parcialmente a cachorra, aconteceu na tarde da última quarta – feira, dia 12 de dezembro, ou seja a 6 dias atrás. O dono do animal foi conduzido a delegacia de polícia e autuado por Maus Tratos de Animais, relembre AQUI.

Já na noite de ontem, terça – feira, dia 18, o funcionário público JOSÉ LÚCIO BEZERRA DOS SANTOS, de 38 anos foi acusado de ter matado um cão filhote de apenas 2 meses de vida pertencente a uma vizinha.

A Polícia Ambiental foi acionada para atender uma ocorrência de disparo de espingarda e maus tratos a animais na Rua Dr. Milton Aranha, na cidade de São Fernando/RN. Lá chegando os policiais foram informados que o vizinho, JOSÉ LÚCIO, teria dado um tiro de espingarda de pressão 5.5 (correspondente a um calibre 22) em um cão filhote de apenas 2 meses de vida pertencente a sua vizinha. Na casa dele foi encontrada a espingarda que o mesmo teria usado para matar o filhote.

Ao chegar na delegacia o acusado negou que tivesse matado o filhote, entretanto, a proprietária do animal afirmou que tinha sido ele e que o mesmo teria comprado a espingarda dizendo que era para ‘matar gatos‘, mas que nunca imaginou que ele fosse matar seu bichinho de estimação.

Segundo o delegado, o acusado foi autuado pelo crime de Maus Tratos a Animais e Dano Qualificado em razão do motivo egoístico, não cabendo desta forma, o pagamento de fiança.

Por Caicó na Rota da Notícia/Fonte e Fotos Cardoso Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui