Idoso de 70 anos preso por ter matado cachorro com tiro de espingarda em Jucurutu fala sobre ocorrido

Em sua defesa o aposentado conta que, cinco cachorros mataram uma ovelha dele e estavam devorando a criação quando atirou

0
1710

RIVALDO PINHEIRO DE SOUZA, de 70 anos aposentado residente no Sítio Itans, zona rural de Jucurutu, foi preso após ter matado um cachorro com tiro de espingarda.

Em sua defesa o aposentado conta que cinco cachorros mataram uma ovelha dele e estavam rasganto (devorando) a criação no curral quando ele chegou e atirou em um dos cinco cachorros, os outros correram.

O idoso também contou que vários animais da região estavam sendo mortos pelos cachorros e que recentemente ele havia perdido quatro de suas criações só numa manhã. O cachorro morto pertence a um vizinho do idoso, o qual lhe pediu no mês passado para que o vizinho prendesse o cão que estava atacando suas criações.

O idoso foi preso autuado pela nova Lei de Maus Tratos de Animais e por Porte Ilegal de Arma de Fogo e transferido para o presídio Pereirão em Caicó.

É importante que moradores de sitios, que assim o desejarem, tenham armas para proteger sua propriedade e animais, desde que sejam devidamente legalizadas para não ficarem à margem da lei e não venham a responder judicialmente num caso como este citado que poderia ser enquadrado na Legítima Defesa de Patrimônio, ou seja, de seus bens.

Confira toda a entrevista concedida na matéria em vídeo que nos foi enviado pelo nosso parceiro e amigo repórter Cardoso Silva:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui