Inusitado: Ladrões usam cabo de raquete de matar muriçocas para praticarem assalto em Caicó

Os ladrões quebraram o cabo da raquete e deixaram dois fios de fora, e acionavam o botão para correr corrente elétrica de um fio a outro para fazer medo as vítimas.

0
2312

Por Caicó na Rota da Notícia

A Polícia Militar vem realizando um importante e intenso trabalho preventivo através do policiamento ostensivo, blitz policial, rondas e abordagens em diversos pontos da cidade de Caicó para tentar coibir a criminalidade. Contudo, alguns meliantes vem fingindo estarem armados, se utilizando do efeito surpresa e da intimidação para praticarem alguns assaltos. Um caso jamais visto aconteceu na noite desta quinta-feira para amanhecer sexta, por volta das 0h30min.

Dois jovens morenos e magros usaram uma espécie de arma artesanal para dar choques (feita a partir de uma raquete de matar muriçocas) e praticaram um assalto a uma residência onde estavam apenas duas idosas. A residência fica localizada na Rua Inácio de Medeiros Dias, que fica em frente ao chamado “Bar das Almas” localizado ao lado do Cemitério São Vicente de Paula no bairro Paraíba, zona sul de Caicó.

A arma utilizada tem pouquíssimo ou nenhum poder de letalidade para um ser humano, causando no máximo um beliscão, entretanto, os ladrões quebraram o cabo de uma raquete e deixaram dois fios de fora e acionavam o botão para correr corrente elétrica de um fio a outro para fazer medo as vítimas. Os assaltantes estavam todo o tempo de capacetes pretos na cabeça e usavam viseiras com películas escuras. Eles quebraram o cadeado do portão da residência e entraram na porta que estava apenas escorada e renderam duas irmãs já idosas que estavam sozinhas na casa.

Umas das vítimas começou a gritar por socorro, um deles usou um travesseiro e panos para abafar os gritos. Os meliantes reviraram todos os guardas-roupas da casa, possivelmente atrás de armas, já que um dos filhos de uma das vítimas é vigilante, nada encontrando, eles roubaram um celulmar, duas alianças e um relógio em ouro, além de outros pertences, e fugiram com destino ignorado.

Três viaturas da Polícia Militar imediatamente compareceram ao local, deram assistência as vítimas e colheram informações, em seguida realizaram várias diligências na tentativa de prender os ladrões. Mesmo diante da recusa das vítimas, que a princípio não queriam registrar queixa, o caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Caicó pela primeira guarnição que foi acionada, a arma utilizada foi apresentada entregue a autoridade policial.

O comandante do 6° BPM de Caicó, Major Walmary Costa, pede a população em geral que ajude a Polícia Militar a prender os meliantes no momento do delito, contribuindo com denuncias e/ou informações relevantes através do n° 190 ou do 3417 4417 da Polícia Militar para que eles sejam devidamente presos e paguem pelos crimes cometidos. Obs.: Ajudem também a Polícia Civil através do nº 3421 6029 que devem fazer as devidas investigações para elucidar crimes e prender os infratores depois que cessam as diligências da Polícia Militar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui