Justiça apreende chaves, lacra Marizão e dá 15 dias para o Estado nomear administrador

Estádio Senador Dinarte Mariz (Foto aérea: Créditos/ Naquib Libânio)

0
1272

Oficiais de justiça cumpriram na tarde desta sexta-feira (09) mandado judicial de apreensão das chaves e a lacração do Estádio Senador Dinarte de Medeiros Mariz, o “Marizão” na cidade de Caicó.

Na decisão assinada pelo Juiz Luiz Candido de Andrade Vilaça, o estadio deve ser lacrado e as chaves entregues ao chefe de secretaria juízo, como também que seja feita a intimação pessoal do Sr. Severino Sobrinho da Silva (Cocobil) para que desocupe imediatamente o estádio e se abstenha de praticar qualquer ato de administração da praça de esportes, sob pena de aplicação de multa diária no valor de R$ 1.000,00 (um mil reais), por cada dia de descumprimento, e sob pena de configuração do crime de desobediência.

O Juiz determinou ainda intimação pessoal do Estado do Rio Grande para, no prazo de 15 (dez) dias, não só nomear um administrador para o Estádio Senador Dinarte de Medeiros Mariz, como também providenciar o início da demolição da casa situada embaixo da arquibancada do Estádio, sob pena de multa diária no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais) para o ente federativo estadual e de R$ 1.000,00 (um mil reais) para o Secretário Estadual de Esportes, o qual também deverá ser intimado pessoalmente por meio de carta precatória.

Em sua decisão o juiz também diz que as chaves da praça de esportes somente será entregue ao administrador a ser nomeado pelo Estado do Rio Grande do Norte, o qual deverá ser um agente público, devidamente compromissado a exercer a função de administrador do referido estádio, mediante o devido peticionamento nos autos por parte do ente federativo estadual informando tal nomeação.

Por Eduardo Dantas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui