Polícia Militar presta socorro a mulher vítima de AVC em Caicó

Esposo da vitima, estava desesperado e disse que já não sabia o que fazer para salvar sua esposa. A mulher estava com a pressão arterial 20x18 e tremia muito quando foi socorrida até o hospital.

0
2421

Ainda que, com salários atrasados e sem perspectiva de receber do governo do estado, Policiais Militares de Caicó atenderam a solicitação de socorro onde uma mulher estava sofrendo risco de vida, devido a problemas de saúde, no bairro Walfredo Gurgel, zona Oeste de Caicó.

Ana Maria Bento da Silva, de 39 anos tremia muito e mal conseguia ficar em pé no momento em que foi socorrida às pressas por uma viatura de Rádio Patrulha do 6° BPM de Caicó/ RN na manhã de hoje.

Eram por volta das 10:30, desta terça – feira 19, quando o Copom do 6° BPM de Caicó foi acionado por José Nascimento, esposo da vitima, que estava desesperado para salvar a esposa devido a demora do socorro de uma ambulância.

O COPOM acionou uma viatura policial que estava no Centro da cidade. Auxiliados pelo COPOM que verificou no mapa a localização do endereço, os policiais militares levaram cerca de 5 minutos para chegar a residência na Rua Gregório Batista, próxima ao Clube Muralhas no bairro Walfredo Gurgel.

Os policiais prestaram socorro a vitima e o esposo até a Urgência do Hospital Regional do Seridó aonde ela foi atendida de pronto pela equipe médica de plantão, a mulher chegou sem poder andar e foi tirada nos braços por um policial e colocada na maca.

Segundo a enfermeira do hopital a pressão arterial da paciente estava em 20×12 sendo necessário o uso de três tipos de medicação intravenosa (injeções na veia) e um comprimido para conseguir controla-la.

José Nascimento disse que já não sabia o que fazer para salvar a esposa. Ele agradeceu aos policiais pela ajuda, uma vez que não tinha dinheiro para pagar um táxi e o socorro estava demorando muito, ele tambem disse que sua esposa já tinha sofrido um AVC antes e que gracas a Deus havia se recuperado. A sua esposa informou aos policiais que estava tendo muito aperreio (problemas) com uma filha dela que é mãe solteira e usuária de drogas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui