Policiais militares do Seridó se somarão a concentração da paralisação desta segunda feira na governadoria

Os policiais cobram reajuste salarial para compensar perdas, pagamento de 2 folhas atrasados, atualização de níveis, dentre outras

0
499

A polícia militar do Estado do Rio Grande do Norte anunciou para essa segunda-feira (dia 17 de junho) o início da paralisação das atividades

Os policiais cobram dentre outras coisas, o reajuste do salário das categorias para suprir as perdas salariais dos últimos anos, o pagamento das Folhas salariais deixadas pela gestão do ex-governador Robson Farias (salário de dezembro e 13° salário de 2018), dentre outras reivindicações amparadas por lei.

Da região do Seridó, a previsão é que até 80 policiais viagem para capital do Estado se somando aos demais que montarão acampamento em frente ao Centro Administrativo da Governadoria.

Nos últimos dias circulou um áudio, nas redes sociais, que a Governadora, durante uma reunião, teria dito que a Polícia Militar poderia parar até dois anos que ela não iria ceder as reivindicações da categoria, alegando a situação de calamidade financeira do Estado, contudo ela deu aumento de cerca de 16% aos procuradores do estado.

Fonte Marcos Dantas via CRN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui