Assassino de morador do João Paulo II se apresenta na Delegacia e fica em liberdade

Servente de pedreiro se apresentou com advogado, e confessou o crime e alegando legítima defesa

0
2019

A morte de Lucas Matheus da Costa, ocorrida na noite desta quarta-feira (24), foi elucidada quando o assassino se apresentou na Delegacia de Polícia Civil de Caicó, no início da tarde desta quinta-feira (25).

O Servente de Pedreiros, Rogério de Oliveira dos Santos, de 35 anos, acompanhado de seu advogado, Ariolan Fernandes, confessou o crime. Depois do procedimento, ele foi liberado para responder em liberdade, mesmo não tendo ainda feito 24hs do crime, ou seja, ainda estava valendo o flagrante.

Em seu depoimento, Rogério disse que estava na casa de sua mãe por volta das 19hs quando Lucas chegou ao local embriagado e começou a agredi-lo com um facão. Em virtude disso e alegando legítima defesa, confirma que pegou uma faca e desferiu os golpes matando a vítima.

Ele disse ainda que Lucas era tido como irmão haja vista ter sido criado por sua mãe.

Perguntado pelo delegado sobre a motivação para o crime, Rogério disse que houve uma tentativa de homicídio no passado, quando Lucas tentou matá-lo com arma de fogo. Após o crime, Rogério de Oliveira, fugiu e passou a noite dentro do mato, correndo.

O crime

O jovem, Lucas Matheus, foi esfaqueado no Bairro João Paulo II, na noite desta quarta-feira (24), foi socorrido para o Hospital Regional, mas, não resistiu e morreu.

Por Sidney Silva via Caicó na Rota da Noticia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui