“Dono de supermercado cometeu homicídio sem legítima defesa”, apura delegado responsável pelo caso “Chico Tripa”

O caso é bastante polêmico; é grande o número de pessoas que apoiam ação do comerciante. "Esse comerciante deveria ser condecorado e não punido!", disse um caicoense.

0
5233

Por Caicó na Rota da Notícia

Funcionários tentaram beneficiar o dono do Supermercado São Pedro no bairro Paulo VI omitindo provas e dando depoimentos que não condiziam com a verdade para proteger o patrão.

Após assalto no supermercado houve uma reação do proprietário aonde um dos assatantes, o Chico Tripa, veio a óbito. O outro assaltante menor de idade fugiu do local e foi apreendido de posse de um revólver Cal. 32, por políciais do trânsito.

O drive com imagens sobre o fato sumiu do supermercado e foi devolvido após uma conversa franca com o delegado responsável pelo caso, o Dr. Bruno Barcelos.

O proprietário do Supermercado São João deverá ser indiciado pelo crime de homicídio e poderá ir a juri popular, uma vez que, foi apurado durante as investigações da polícia civil que o disparo fatal que tirou a vida de Chico Tripa, teria sido efetuado quando a dupla estava no meio da rua e se preparava para fugir de moto do local.

O caso é polêmico e vem sendo bastante discutido na cidade. É grande o número de pessoas que apoiam a atitulde do comerciante que se viu tomado por forte emoção e revolta por ter sido roubado pela dupla de bandidos e resolveu agir por conta própria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui