Em depoimento ao MP, João de Deus afirma ‘sofrer de disfunção erétil’, ou seja, ‘ser broxa’

O líder religioso é acusado de centenas de casos de abuso sexual

0
899

Alvo de centenas de denúncias por abuso sexual, o líder religioso JOÃO DE DEUS afirmou nesta quarta-feira(26), durante depoimento prestado ao Ministério Público de Goiás, que sofre de disfunção erétil. A informação foi divulgada pelo Metrópoles.

O problema, de acordo com o médium, teria sido provocado após ele ter realizado tratamento contra um câncer no estômago.

Na última semana, o juiz LICIOMAR FERNANDES DACSILVA, da Comarca de Abadiânia (GO), acatou novo pedido de prisão preventiva contra o médium, dessa vez por Posse Ilegal de Arma de Fogo. A defesa do médium considera que a prisão traz risco para a vida do cliente.

João de Deus está preso desde o dia 16 de dezembro, em Aparecida de Goiânia, Goiás. Ele aguarda julgamento do pedido de liberdade impetrado no Supremo Tribunal Federal (STF).

De Blog Cardoso Silva via CRN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui