Robinson Faria nega irregularidades no mandato de deputado estadual e diz estar à disposição da Justiça

Robinson foi alvo de Operação Anteros, deflagrada pela Polícia Federal.

0
1082

Em nota emitida na tarde desta terça-feira (15), o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, negou veementemente a prática de qualquer irregularidade durante seu mandato de deputado estadual, que terminou em 2010.

Robinson foi alvo de Operação Anteros, deflagrada pela Polícia Federal.

Na operação, duas pessoas ligadas ao governador foram presas. Uma delas, o assessor do Gabinete Civil Adelson Freitas dos Reis. Mandados de busca e apreensão foram cumpridos no apartamento de Robinson em Areia Preta e também em sua casa de praia, em Parnamirim.

Ainda na nota, Robinson afirma que está à disposição da justiça para esclarecimentos. “Apesar de não concordar com a diligência realizada nesta data, tem profundo respeito pela justiça e confia no rápido restabelecimento da verdade”, afirmou a nota assinada pelo advogado do governador, José Luis Oliveira Lima.

Veja a nota na íntegra

O Governador Robinson Faria nega veementemente a prática de qualquer irregularidade durante seu mandato de deputado estadual, encerrado em 2010 e reforça que sempre esteve à disposição para prestar qualquer esclarecimento.

Apesar de não concordar com a diligência realizada nesta data, tem profundo respeito pela justiça e confia no rápido restabelecimento da verdade. Até o momento a defesa não teve acesso aos autos.

José Luis Oliveira Lima
Advogado

Por Rede News via CRN Imprensa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui