Homem é execultado dentro de residência no bairro João XXIII

Há indícios que a casa, onde ocorreu o crime e que não possuia móveis, estava sendo usada como ponto de tráfico de drogas

5250

Por Caico na Rora da Notícia

De acordo com informações exclusivas repassadas ao blog Caicó na Rota da Notícia pela Polícia Civil, ÍGOR RAFAEL VIRGÍNIO DE MEDEIROS, de 22 anos foi morto no final da noite desta sexta feira, 30 de agosto, dentro de uma residência na Rua Professor Leônidas Monteiro no bairro João XXIII, zona Oeste de Caicó.

A vítima cumpriu pena em regime fechado no presídio o Pereirão, de onde havia ganho progressão de pena e havia ido para o semi aberto a cerca de 5 meses.

Por volta das 23h50min (11h50 da noite) a Polícia Militar foi acionada e isolou o local do crime até a chegada de equipes da Polícia Civil, Perícia Técnica e do rabecão do ITEP que, após os levantamentos preliminares das equipes, fez a remoção do corpo até o instituto para necrópsia.

O crime teria sido cometido com tiros de pistola 380, tendo em vista que, dentro da residência foram encontradas 10 estojos de pistola 380, ou seja, munições deflagradas.

Ao lado do corpo da vítima, foi encontrado um tablete de maconha, já embaixo dele haviam 66 pedras de crack e uma trouxinha de cocaína. O celular da vítima e uma quantia de R$ 73,00 em dinheiro também permaneceram no local após o crime.

(Fotos: Ígor Rafael e droga, dinheiro e celular encontrados na cena do crime. Créditos/Blog CRN)

Segundo informações extra oficiais o ÍGOR RAFAEL, filho de Mimi e Joelma e irmão da ceguinha do João XXIII, estaria tentando dominar o tráfico de drogas no bairro e não está descartada a possibilidade dele ter sido execultado por disputa do ponto de tráfico, já que, aparentemente nenhum pertence pessoal, ou mesmo a droga, foi levado, fato que será investigado pela Polícia Civil.

Cerca de 2 horas após o homicidio, na hora que o corpo deu entrada no ITEP na zona Norte de Caicó, um homem em um ciclomotor de cor vermelha foi visto em frente ao instituto em atitulde suspeita.

No momento em que o policial de serviço, foi averiguar, o suspeito já havia se evadido e estampidos, como se fosse de tiros ou de fogos, foram ouvidos na rua dos Ciganos, no bairro Boa Passagem, mas durante uma ronda policial, no setor informado a Central de Operações da Polícia Militar (COPOM) do 6° BPM, nada foi encontrado.