Maus tratos a animal doméstico; homem espanca cachorro do vizinho em Cruzeta

Vizinho teria espancado o cachoro de 6 meses que brincava atrás de vacas e ovelhas. A violência teria cegado um olho do cachorro que ainda teria sido castrado (capado) pelo mal feitor.

1681

Por Caicó na Rota da Notícia

Um cidadão da cidade de cruzeta denunciou através das redes sociais sua revolta e indignação diante da violência usada contra um cachorro de apenas 6 meses de vida.

Segundo ele o animal teria se soltado e brincava correndo atrás das vacas e ovelhas de seu vizinho onde eles costumavam deixar os cavalos.

O vizinho teria dado uma pisa no cachorro a ponto de cegar-lhe um de seus olhos e ainda teria castrado o animal deixando ele estirado ao chão.

A respeito do crime convêm mostrar o que diz artigo 32, parágrafos 1 e 2 da Lei nº 9.605 de 12 de fevereiro de 1.998 – Lei de Crimes Ambientais:

Art. 32 – Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos: Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa.
§ 1º Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.
§ 2º A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.

Estado em que ficou a cabeça e castração do animal