Prédios públicos de Caicó as escuras por falta de pagamento de luz

Prédios públicos e pontos turísticos de Caicó ficaram as escuras (Foto: Rodoviária Manoel de Neném no Centro da cidade)

2275

É triste ter que ouvir um diretor de uma escola municipal avisar a alunos sedentos pelo conhecimento, que as aulas serão suspensas devido ao corte de energia elétrica porque a prefeitura não pagou a conta.

Não só a educação, mas outros setores e serviços também serão prejudicados já que outros órgãos públicos também estão ficando às escuras.

No final da manhã desta segunda-feira (07) cortaram o fornecimento de energia elétrica do Centro Administrativo (Prefeitura Municipal de Caicó) e da Escola Municipal Professora Maria Bernardete no bairro Recreio.

No período da tarde foi a vez da Escola Presidente Kennedy, da Rodoviária Manoel de Neném, do Açougue Público e do Matadouro Público da cidade. No final da tarde os funcionários cortaram a eletricidade nos pontos turísticos; Praça do Coreto e Complexo Turístico Ilha de Santana.

A impressão que se tem é que tanto na esfera municipal (Caicó) como na esfera federal (Brasil), quando um esquema de corrupção é descoberto as propinas se acabam ou diminuem e os “problemas aparecem” e o povo é quem paga o pato.

Locais de Caicó sendo visitados por funcionários da Coesp que cumpriram ordem de corte de eletricidade.
Locais de Caicó sendo visitados por funcionários da Coesp que cumpriram ordem de corte de eletricidade.