Acusado de tentar matar ex-esposa na Barra Nova vai a Polícia Civil para se apresentar e recebe voz de prisão

0
3869

Por Caicó na Rota da Notícia

Por volta das 11:20 da manhã desta sexta-feira, 26, a pessoa de Adriano Jorge Alves de Azevedo, de 44 anos, acusado de tentar matar a sua ex-companheira de nome Ilma Alves do Nascimento, de 41 anos no bairro Barra Nova Resolveu se apresentar.

O crime de Tentativa de Homicidio aconteceu por volta das 6:30 da noite da última quarta-feira, 24, ocasião em que Adriano teria invadido a casa da ex-esposa, Ilma, e efetuou pelo menos três tiros contra a mesma.

Adriano ligou para o irmão, de nome Fabiano, por volta das meia noite no dia do ocorrido e perguntou várias vezes se ela tinha morrido, o irmão informou que não sabia e tentou convencê – lo a se entregar a polícia.

Na manhã desta sexta-feira 26, o acusado ligou novamente para o irmão por volta das 11h, disse que queria se entregar e foi até a delegacia acompanhado de seu advogado Ariolan Fernandes e permaneceu no veículo do advogado.

No momento em que Ariolan checava se tinha um mandado de prisão, os policiais civis desconfiaram e foram até o veículo e realizaram a prisão do acusado devido a existência do mandado de prisão em detrimento do descumprimento da medida protetiva que obrigava o mesmo a manter distância de sua ex-companheira. Adriano também irá responder pela tentativa de homicídio com uso de arma de fogo.

O acusado contou que estava escondido dentro do mato logo após a parede do açude Itans, sem comer, sem beber e sem dormir. Ao ser perguntado pela arma usada no crime ele disse que perdeu o revólver ao passar num buraco quando andava de moto.

Delegacia de Polícia Civil em Caicó (Foto: Caicó na Rota da Notócia)

O mesmo ficará preso a disposição da justiça, e poderá ser encaminhado dentro em breve para uma instituição prisional após verificação de disponibilidade de vagas.

Situação da vitima

Segundo informações Ilma foi transferida para a capital do Estado após um exame de Tomografia realizado no Tiago Dias onde há suspeitas que um fragmento de um dos projéteis que atingiu a cabeça tenha causado complicações.

A mesma foi encaminhada na noite de óntem (quinta feira, 25) para que um neurologista da capital do Estado faça uma avaliação mais aprofundada sobre a situação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui