Atleta campeã, mãe e dona de imoveis – Naldinha é morta e filho espancado e ferido no bairro Paulo VI em Caicó

Dois criminosos teriam chegado na residência na noite desta quinta feira, arrombado a porta cometido o crime e depois fugido a pé do local

0
2137
(Quase todos os dias ela treinava na Ilha de Sant'Ana)
(Nildinha cuidava da saúde e competia, quase todos os dias ela treinava na Ilha de Sant'Ana)

Matéria Atualizada às 20h47min de 10/08

Moradores acionaram a Polícia Militar por volta das 20h30min da noite desta quinta feira (10) com a informação de uma ocorrência na Rua Presidente Castelo Branco, em frente ao Caíque na zona Oeste de Caico.

Segundo informações, dois indivíduos chegaram na residência e quebraram a porta, invadiram o local, praticaram um crime de homicídio e depois fugiram a pé. A proprietária da residência de nome Gecinalda Dantas, de 52 anos mais conhecida por Naldinha, foi encontrada pela policia, caída e já sem vida. Ela teria sido morta por arma branca.

Seu filho de nome Matheus Dantas, de 18 anos foi espancado e ferido sendo socorrido para a Urgência do Hospital Regional e até o final desta matéria passava por procedimento cirúrgico.

Naldinha é muito conhecida na cidade como uma pessoa batalhadora. Ela é proprietária de vários imóveis de aluguel e também é uma “atleta de alto rendimento“, uma verdadeira campeã, colecionadora de várias medalhas como a do 3° Lugar na categoria feminina 5km da Corrida de Sant’Ana de Caicó.

(Imagem: Nildinha segurando troféu de 3° Lugar na modalidade feminina - 5km -da Corrida de Sant'Ana no mês passado)
(Imagem: Naldinha segurando troféu de 3° Lugar na modalidade feminina – 5km – da Corrida de Sant’Ana no mês passado)
(Quase todos os dias ela treinava na Ilha de Sant'Ana)
(Nildinha cuidava da saúde e competia, quase todos os dias ela treinava na Ilha de Sant’Ana)

A Polícia Militar foi a primeira a chegar e isolar o local do crime e aguardou a chegada do Delegado da Polícia Civil é do ITEP para colher todos os dados e as primeiras informações sobre o crime. Não está descartada a hipótese do crime ter sido Latrocínio, ou seja, matar ou deixar a vítima gravemente ferida para roubar.

 

Naldinha já teve uma caminhonete roubada, como também, já sofreu um assalto na sua residência há algum tempo atrás, momento em que os ladrões invadiram sua casa e roubaram uma quantia de cerca de 15 mil reais de suas economias que ela guardava em casa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui