Denuncia: Jumento com tornozeleira era monitorado enquanto preso praticava assaltos

Segundo a denuncia o jumento tinha os seus passos monitorados enquanto o o suspeito circulava livremente.

0
3513

Políciais civis da Delegacia de Assu/RN conseguiram prender nesta quarta feira (08 de março) o jovem de nome ANTÔNIO WELLINGTON MATIAS DE MELO, de 19 anos, vulgo “Adolfo“. Ele é suspeito de retirar sua tornozeleira eletrônica e colocar em um jumento para driblar sua localização enquanto praticava crimes.

A prisão foi realizada em menos de 24 horas, após denuncias anônimas, feitas pela população, que davam conta de que o jovem portava uma arma de fogo em uma foto postada em seu perfil do Facebook.

Informações também davam conta de que o suspeito teria retirado a tornezeleira eletrônica, que era obrigado a usar, e colocado em um jumento enquanto praticava os crimes, ou seja, o jumento tinha seus passos monitorados enquanto ele circulava livremente. Adolfo é considerado suspeito de ser o autor da prática de assaltos nas cidades de Assu e Itajá.

Tornozeleira encontrada pelos policiais e foto postada pelo suspeito em seu perfil do Facebook.
Tornozeleira encontrada pelos policiais e foto postada pelo suspeito em seu perfil do Facebook.

Foi montada uma operação policial que logrou êxito. Após diligências o suspeito foi localizado e preso na cidade de Itajá. Na oportunidade uma tornozeleira eletrônica, possivelmente a que foi retirada pelo jovem, foi encontrada.

Adolfo possui processos criminais em Natal, havia contra ele um mandado de prisão em aberto expedido pela 12° Vara de Execuções da cidade de Natal o qual foi cumprido na oportunidade. Somará a isso mais um processo por “Dano ao Patrimônio Público” e poderá também responder por crimes que possa ter cometido caso ele venha a ser reconhecido pelas vítimas dos assaltos investigados pela polícia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui