Pelé, o maior jogador da história do futebol, morre aos 82 anos

O Rei deixa um rico legado para os amantes do futebol, com uma carreira com mais de mil gols marcados.

0
843

O esporte brasileiro e mundial vive um dos dias mais tristes em sua história. Morreu, aos 82 anos, o ex-jogador Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, nesta quinta (29/12).

O Rei estava internado desde o dia 29 de novembro no hospital Albert Einstein, em São Paulo, após apresentar um quadro de anasarca (inchaço generalizado) e insuficiência cardíaca descompensada. Ele deixa um rico legado para os amantes do futebol, com uma carreira com mais de mil gols marcados.

Carreira

O Rei defendeu apenas dois clubes em toda a sua carreira no futebol: Santos e Cosmos FC. Mas o maior jogador de futebol de todos os tempos vestiu a camisa do time paulista em grande parte de sua história. Além, é claro, da Seleção Brasileira.

Com o Santos, o Rei conquistou inúmeros títulos, como o bi da Libertadores da América, Campeonato Paulista e Mundial Interclubes em duas oportunidades. Com a Seleção, Pelé foi tricampeão mundial (1958, 1962 e 1970). Ao todo, o Rei marcou 1.283 gols em sua carreira e é o maior artilheiro da história do futebol mundial.

Extracampo

Assim como grandes craques brasileiros, o Rei teve uma vida badalada fora dos gramados. De namoro com a apresentadora Xuxa Meneghel a garoto propaganda de várias marcas, enquanto jogava, Pelé sempre chamou a atenção dos holofotes além das quatro linhas.

O Rei também se arriscava em outras áreas, como música e cinema. Pelé participou da vários filmes e até foi protagonista em algumas obras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui