Polícia prende ladrão que atirou em vítima que fugiu de assalto no Centro de Caicó

Após balearem a vitima e tentarem fugir, os dois ladrões caíram de moto e seguiram a pé, porém um deles foi preso em flagrante com a arma usada no crime, o outro escapou

0
3034

Por Caicó na Rota da Noticia

No início da tarde dessa sexta-feira (07), por volta das 13:00, um instrutor de uma Auto Escola de Caicó foi vítima de tentativa de assalto no centro da cidade.

Dois indivíduos armados que andava em uma moto preta sem placa deram ordem de parada e tentaram tomar a moto XRE 300 Cc do instrutor que decidiu não obedecer e tentou fugir dos assaltantes.

Um dos ladrões que estava armado de revólver efetuou dois disparos que atingiram o braço e as costas da vítima que na tentativa de fugir das guarras dos bandidos chegou a colidir sua moto em um veículo Siena branco conduzido por uma mulher no cruzamento da Avenida Seridó com a Rua Olegário Vale no Centro da cidade, nas proximidades de Zuza Confecções.

Os dois indivíduos empreenderam fuga, contudo, logo mais à frente chegaram a derrapar e cair de moto em uma rua de asfalto rochoso (calçamento). Os dois marginais abandonaram o veiculo e prosseguiram a fuga correndo a pé em direção ao bairro Paulo VI pelo caminho do Mosteiro das Clarissas.

Moto roubada, usada e abandonada pela dupla

Neste momento populares acionaram a Polícia Militar e dois policiais em uma viatura (RP 01) que estavam fazendo rondas empreenderam diligências e conseguiram visualizar os dois indivíduos correndo e se dividindo na Rua Manoel Cândido de Medeiros no bairro Paulo VI sentido ao bairro João Paulo II, zona Oeste de Caicó.

Um deles conseguiu fugir, já o outro foi visto jogando um objeto (a arma usada no crime enrolada em uma camisa preta) em cima do telhado de uma residência na rua já citada.

Residência sobre a qual a arma foi arremessada pelo assaltante

O fugitivo foi capturado por policiais da Rádio Patrulha ao passo que o revólver Cal. 32 com 6 munições (sendo 2 deflagradas e 4 intactas) foi localizado por uma guarnição do Grupo Tático de Combate GTO que foi em apoio.

Outras viaturas se dirigiram para o local onde os policiais verificaram que as 6 munições estavam com a espoleta ferida pelo cão da arma, ou seja, os bandidos teriam tentado efetuar os 6 tiros, mas felizmente só duas munições explodiram e as outras 4 não deflagraram. Como dizem no popular a arma “bateu catolé”.

Arma usada no crime
Munições usadas, 4 intactas e 2 deflagradas
Munições com espoletas marcadas pelo “cão” da arma

FRANCISCO DAS CHAGAS BENJAMIM DA SILVA SANTOS, de 18 anos foi preso em flagrante. Na hora da prisão o mesmo confessou aos policiais que o seu companheiro, de nome “LÉO“, o teria chamado para praticar o assalto e ele foi, e que teria atirado na vítima devido a ela não querer parar e entregar sua moto.

Francisco das Chagas Benjamim da Silva Santos, de 18 anos

Ele disse também que, a moto em que os dois andavam (uma Honda/CG 150 Titan de cor preta que estava sem placa) era roubada. A moto foi tomada de assalto a poucos dias atrás nas proximidades do colégio CEIS no bairro Paraíba.

Estado de saúde da vítima

O instrutor foi socorrido às pressas para Urgência do Hospital Regional do Seridó, onde foi constatado que um dos tiros atingiu-lhe o braço e o outro as costas do mesmo. Segundo informações de um funcionário do hospital o tiro passou a cerca de 2 centímetros de pelo menos órgãos vitais, o coração e de um dos pulmões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui