Péssimo Exemplo: Professor tenta colocar população de São João do Sabugi contra a PM

0
1329

Valter Júnior, professor/diretor na Escola Estadual Senador José Bernardo, na cidade de São João do Sabugi, chamou a PM de “IMBECIL” numa postagem na rede social de sua propriedade, apenas porque os policiais que estão de serviço para esta sexta feira, suspeitaram de um veículo que rondava a casa do reclamante, feita a abordagem, os policiais cumprimentaram o cidadão, deram boas vindas e explicaram que ali se tratava de uma abordagem de rotina e para o bem da sociedade de São João do Sabugi.

O diretor escolar, Valter Júnior, se sentiu ofendido com a abordagem que a PM usa para o controle da segurança, inclusive os policiais a fizeram no padrão internacional, onde os profissionais de segurança se posicionam de maneira tática a dar proteção individual a si próprios para poder, sapientemente, ter controle da situação e também dar segurança as pessoas abordadas. Os militares envolvidos nessa abordagem são profissionais preparados há anos na instituição Polícia Militar, e ninguém está acima da lei.

“Esperamos que esse diretor, que aliás, isso não é postura de um educador, volte às redes sociais e peça desculpas aos digníssimos policiais”, disse um CB PM.

A Associação de Policiais Militares e Bombeiros Militares do Seridó (APBMS), vai pedir à justiça que apure a conduta do educador.

“Quando a Polícia Militar não está nas ruas somos omissos, a sociedade fica cobrando nossa presença, quando estamos nas ruas acontecem fatos dessa natureza, pessoas se sentem acima de lei e das outras pessoas, nós profissionais de Segurança Pública exigimos respeito, estamos nas ruas para proteger os cidadãos, e não para destratá-los, como descreve o educador”, desabafa outro militar.

Por Jair Sampaio via CRN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui