Natália Bonavides é única deputada do RN a votar contra punição mais rígida para quem mata policiais

Mesmo sem o voto da deputada do PT, o projeto de lei que "determina que condenados e presos provisórios por matar policiais sejam preferencialmente recolhidos em cadeias federais", foi aprovado pela câmara dos deputados

0
478

De Terra Brasil Notícias via Caicó na Rota da Notícia

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (19), por 314 a 96, um projeto de lei que determina que sejam recolhidos “preferencialmente” em cadeias federais os condenados e presos provisórios por assassinato de policiais e de seus cônjuges e parentes até terceiro grau.

Da bancada potiguar, apenas a deputada federal Natália Bonavides, do PT, é que votou contra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui